quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Dever Cívico - Repassando, gostei demais da aula!

Existe a palavra: PRESIDENTA?

Que tal colocarmos um "BASTA" no assunto?
UM PROFESSOR DE PORTUGUES(NÃO IDENTFICADO)- Universidade Federal do Paraná.

No português existem os particípios ativos como derivativos verbais. Por exemplo: o particípio ativo do verbo atacar é atacante, de pedir é pedinte, o de cantar é cantante, o de existir é existente, o de mendicar é mendicante... Qual é o particípio ativo do verbo ser? O particípio ativo do verbo ser é ente. Aquele que é: o ente. Aquele que tem entidade.

Assim, quando queremos designar alguém com capacidade para exercer a ação que expressa um verbo, há que se adicionarem à raiz verbal os sufixos ante, ente ou inte.

Portanto, à pessoa que preside é PRESIDENTE, e não "presidenta", independentemente do sexo que tenha.

Diz-se: capela ardente, e não capela "ardenta"; se diz estudante, e não "estudanta"; se diz adolescente, e não "adolescenta"; se diz paciente, e não "pacienta".

Um bom exemplo do erro grosseiro seria:

"A candidata a presidenta se comporta como uma adolescenta pouco pacienta que imagina ter virado eleganta para tentar ser nomeada representanta.

Esperamos vê-la algum dia sorridenta numa capela ardenta, pois esta dirigenta política, dentre tantas outras suas atitudes barbarizentas, não tem o direito de violentar o pobre português, só para ficar contenta".

2 comentários:

  1. Prezada

    Nunca escrevi absolutamente nada sobre a existência ou não da palavra
    “presidenta”. Meu nome está sendo usado indevidamente como autora de um
    texto que circula na internet e na imprensa.

    Sou professora da Universidade Federal do Paraná - UFPR, Departamento de
    Hidráulica e Saneamento, graduada em “Engenharia Civil “ e com
    pós-graduação em cursos de “Engenharia“ (Mestrado e Doutorado) e
    professora de cursos de “Engenharia” na UFPR (ver meu Curriculum Lattes –
    www.cnpq.br – plataforma lattes)

    Eu jamais escreveria um texto que não fosse da minha área de atuação.

    Miriam Rita Moro Mine

    ResponderExcluir
  2. Achei sensacional! Uma aula de alfabetização para esse País com uma lingua tão perfeita e onde 90% do povo nao sabe o que fala! abraços Emilia, fica com sua iluniação!

    ResponderExcluir